Atualização Cadastral App Store Google Play facebook twitter youtube

Artigos

 

Honrando a palavra

Publicado em: 10/08/2015 por CBN-SP

Dt 23.21 “Quando fizeres algum voto ao SENHOR, teu Deus, não tardarás em cumpri-lo; porque o SENHOR, teu Deus, certamente, o requererá de ti, e em ti haverá pecado.”

Relacionamentos são baseados em confiança! Para a confiança ser mantida em alto nível, as partes precisam ser honestas e dispostas a honrar os compromissos. Certa vez, ouvi de uma pessoa a seguinte expressão: “A pessoa vale o que fala!” O interessante, que essa expressão veio no meio de uma conversa onde eu o aconselhava a ser transparente nas suas relações e honrar compromissos assumidos. O triste, foi que o passar o tempo revelou que a palavra dele, não valia nada, consequentemente ele valia o peso da sua palavra!

As Escrituras Sagradas ensinam-nos que Deus é fiel, muito fiel e totalmente confiável. “Justo é o SENHOR em todos os seus caminhos, benigno em todas as suas obras” (Sl 145.17). Esse texto faz parte das pedras preciosas do meu relacionamento com Deus. Me serve de âncora da alma; isto é, quando enfrento situações difíceis e as perspectivas se apresentam ruins e parece que não haverá saída, então eu respiro fundo e lanço mão dessa palavra. Sendo o Senhor justo em “todos os seus caminhos…” então o que estou passando não está fora das vistas e do cuidado dele e a qualquer momento o socorro e o livramento vai chegar! Assim, minha alma fica ancorada e não me deixa ser arrastado por ansiedade e preocupação desnecessária – estou seguro em algo firme, o caráter de Deus e sua maneira justa de agir em tudo que faz.

Portanto, empenhar uma palavra para com Deus, seja num voto, promessa ou compromisso assumido; o mínimo que se espera de um cristão, é que cumpra integralmente a sua palavra. Uma razão para isso, é porque não se é obrigado a se comprometer, mas já que o fez, então deve cumprir e outra boa razão, é a quem ou com quem foi empenhada essa palavra – com Deus! Sendo Ele, a pessoa que é e merecendo a honra e o temor que lhe é devido, não se imagina, que uma pessoa, se compromete, com Deus, o seu Deus, o ser sagrado da sua devoção, a instancia maior a quem se pode recorrer, e depois negar-se a honrar o compromisso assumido.

Escrevendo aos cristãos da região da Galácia, (atual Turquia) São Paulo disse o seguinte: “Não vos enganeis: de Deus não se zomba; pois aquilo que o homem semear, isso também ceifará” (Gl 6.7). Em palavras mais simples, com Deus não se brinca! O que fazemos ou não fazemos, não altera quem Deus é e muito menos o seu caráter e o seu modo de agir; pois Deus é imutável e também ele se basta a si mesmo, ele é completo por si só, ele não precisa de algo, alguém, alguma coisa, para que se complete ou se satisfaça. Mas como estamos numa aliança e num relacionamento em que existe co-relação e responsabilidades, a justiça de Deus, exige que honremos nossa palavra para com ele, tal qual para com outras instancias de compromissos. Para fechar, cito Paulo novamente: “se somos infiéis, ele permanece fiel, pois de maneira nenhuma pode negar-se a si mesmo” (2 Tm2.13).

Você e eu não temos que prometer nada, mas se o fizermos, devemos honrar nossa palavra, para o nosso bem!

 

Pr. Jason Gomes

 

 

 

 

logo
home   |   sobre nós   |   artigos   |   galeria   |   download   |   contato
Rua Lavradio, 424 - 01154-020 - Barra Funda - São Paulo - SP - cbnsp@cbnsp.com.br - 11 3662-6000 / 11 3662-0497 / 11 96382-6717
Horário de atendimento ao público: de terça-feira à sexta-feira, das 9h00 às 17h00.
Copyright ©2019 Convenção Batista Nacional do Estado de São Paulo. Todos os direitos reservados. Desenvolvimento: MFC Comunicação.
Topo