Atualização Cadastral App Store Google Play facebook twitter youtube

Artigos

 

Fazendo o que é correto

Publicado em: 27/06/2017 por CBN-SP

bibiliaa

II Crônicas 34 e 35

Todos nós sabemos que estamos vivendo dias difíceis, onde os seres humanos estão se tornando cada vez mais complicados, devido ao relativismo e ao hedonismo que busca o prazer pelo prazer. Há um aumento do egoísmo humano como nunca se viu na história recente.

A verdade é que os tempos mudam, mas não as pessoas. A história mostra que nos tempos antigos a sociedade era agrícola, o conhecimento não era tão profundo em muitas áreas, mas o pecado era tão presente como nos dias atuais.

Hoje vivemos a chamada pós-modernidade, a era da pós indústria, onde o serviço movimenta a economia, principalmente a dos grandes centros urbanos.
Também vivemos dias em que as informações circulam com grande rapidez, tanto as boas como as ruins. Mas a percepção que se tem, é que, por serem tão velozes, elas são incompletas.

É muito importante discernirmos os dias e agirmos conforme a Palavra de Deus. Nos dias do rei Josias não era diferente dos dias atuais. A corrupção moral e ética, a idolatria e a religiosidade do povo era grande, pois existia, mesmo dentro do templo, altares a muitos deuses. A Palavra de Deus estava perdida em meio aos escombros do templo. Hoje, a Palavra de Deus pode estar perdida em filosofias descompromissadas com o Evangelho de Cristo ou no sincretismo religioso, vistos não só no catolicismo e no ecumenismo, mas também entre nós evangélicos, levando muitos a abrirem mão das Escrituras para ter comunhão com o erro. A Palavra de Deus pode também estar perdida em muitas estantes ou sobre algum móvel, aberta no Salmo 91, com suas páginas amareladas pelo tempo.

Apesar de todas as dificuldades, o rei Josias, decidiu ainda em sua adolescência, a buscar ao Deus de Israel, mesmo não tendo próximo de si alguém em quem pudesse se espelhar. Seu avô foi um homem terrível e o seu pai não foi diferente. Então, Josias, buscou referencias em seus ancestrais mais distantes, como o rei Ezequias e o rei Davi. Atualmente temos poucas referencias para seguir, por isso, devemos levantar os nossos olhos para o passado da Igreja de Cristo.

Apesar de haver somente alguns poucos remanescentes, que mantinham a fé em Jeová, Josias não permitiu que a decadência da sociedade afetasse a sua fé e conduta. Hoje, a visão da sociedade em relação aos crentes permanece a mesma: para alguns, ser cristão é sinônimo de pessoas atrasadas e preconceituosas.

Mas nada pode impedir a nossa caminhada, independentemente da idade. Por isso, precisamos fazer escolhas que sejam abalizadas pela Palavra de Deus, não abrindo mão dos princípios bíblicos, nem das doutrinas fundamentais do cristianismo. Devemos cultivar uma vida de oração e a busca da santidade, reavivando o nosso culto, sendo chamas acessas. É preciso buscar o retorno à Palavra de Deus, confessar os pecados e derrubar os altares profanos que, porventura venham estar em nossos corações.

Nossa vida deve celebrar a Jesus Cristo e buscar, a cada dia, o enchimento do Espirito Santo, para que possamos ser rios de águas vivas, um manancial que faz o deserto ao nosso redor ser dessedentado e florido.

Pr. Maurício de Carvalho Xavier

 

 

 

logo
home   |   sobre nós   |   artigos   |   galeria   |   download   |   contato
Rua Lavradio, 424 - 01154-020 - Barra Funda - São Paulo - SP - cbnsp@cbnsp.com.br - 11 3662-6000 / 11 3662-0497 / 11 96382-6717
Horário de atendimento ao público: de terça-feira à sexta-feira, das 9h00 às 17h00.
Copyright ©2019 Convenção Batista Nacional do Estado de São Paulo. Todos os direitos reservados. Desenvolvimento: MFC Comunicação.
Topo