Atualização Cadastral App Store Google Play facebook twitter youtube

Artigos

 

A ressurreição de Jesus Cristo

Publicado em: 28/05/2015 por CBN-SP

Ressureição

“Antes de tudo vos entreguei o que também recebi: que Cristo morreu pelos nossos pecados, segundo as Escrituras e ressucitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras.” – I Co 15.3

O Cristianismo se fundamenta na mais fantástica de todas as afirmações: Jesus Cristo ressuscitou.

A base de nossa fé reside no fato de que temos um Deus que está vivo e habita em nosso meio. Diferente de outras crenças e religiões, a fé cristã não é apenas intelectual e histórica, é vibrante e atual pois depende de um relacionamento diário com Cristo.

Cristo está vivo, Ele mesmo afirmou o seu poder sobre a morte:

“Eu sou aquele que vive; estive morto, mas eis que estou vivo pelos séculos dos séculos e tenho as chaves da morte e do inferno.” – Ap 1.18
“Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que esteja morto viverá” – Jo 11.25

Além dessas afirmações, temos o testemunho de centenas de pessoas que viram a Jesus depois de ressurreto. O apóstolo Paulo descreve desta forma a ordem de aparições de Jesus Cristo:

“E apareceu a Cefas (Pedro) e, depois, aos doze. Depois foi visto por mais de quinhentos irmãos de uma só vez, dos quais a maioria sobrevive até agora; porém alguns já dormem. Depois foi visto por Tiago, mais tarde, por todos os apóstolos.” – I Co 15:5-7.

Podemos descansar no fato de que Jesus realmente está vivo pelo depoimento dessas vidas que foram testemunhas oculares e auriculares da ressurreição do Senhor. E se isso não bastasse, sabemos que Cristo está vivo em nossos corações e em nossos agrupamentos porque podemos desfrutar de uma comunhão real com Ele.

Qual a importância da Ressurreição para nossas vidas ?

Primeiro, pela ressurreição temos certeza do perdão de Deus em nossas vidas. A prova maior de que o sacrifício de Jesus Cristo na cruz do Calvário foi aceito por Deus Pai, foi a incapacidade da morte em deter ao Senhor. A morte é a consequência do pecado:

“O salário do pecado é a morte…” – Rm 6.23
Como a morte não pôde detê-lo, temos a certeza de que também o pecado e as suas conseqüências foram vencidas, através da morte de Jesus.

Segundo, a ressurreição demonstra o poder de Deus. Se Deus teve a capacidade de vencer a morte que é o nosso último inimigo, Ele tem a capacidade de transformar o pior pecador em uma pessoa santa. Não há vícios, temores, angústias, problemas que Jesus não possa vencer. Temos a garantia de que somos mais do que vencedores em Cristo Jesus. Deus pode trazer à vida qualquer situação onde foi decretada a morte. Deus não respeita nenhum decreto humano ou maligno e simplesmente muda as situações segundo a sua soberana vontade.

Terceiro, a ressurreição representa a vitória definitiva de Deus. Woody Allen, questionado se tinha medo de morrer disse: “Não é que eu tenha medo de morrer, eu só não quero estar por perto quando isso acontecer”. Em Cristo, temos a vitória definitiva para nossas vidas. Não morreremos. No momento em fecharmos os nossos olhos, ao abrirmos de novo, imediatamente estaremos no paraíso com Deus, aguardando o momento em que estaremos juntos com os outros irmãos que virão. O que nos aguarda são bênçãos celestiais que nenhum olho humano contemplou.

Jesus está vivo! Eu falei com Ele hoje. E você? Experimentou essa realidade?

Que Deus nos abençoe! Amém.

 

Pr. Mauricio Abreu de Carvalho

 

 

 

logo
home   |   sobre nós   |   artigos   |   galeria   |   download   |   contato
Rua Lavradio, 424 - 01154-020 - Barra Funda - São Paulo - SP - cbnsp@cbnsp.com.br - 11 3662-6000 / 11 3662-0497 / 11 96382-6717
Horário de atendimento ao público: de terça-feira à sexta-feira, das 9h00 às 17h00.
Copyright ©2019 Convenção Batista Nacional do Estado de São Paulo. Todos os direitos reservados. Desenvolvimento: MFC Comunicação.
Topo